fbpx

Baleia, de Graciliano Ramos

Alagoano, Graciliano Ramos foi escritor, jornalista e professor. Autor de Vidas Secas, Angústia e Infância, retratou como poucos a complexidade da alma humana. Trazemos o famoso conto sobre a personagem Baleia deste que é celebrado como um dos maiores prosadores da literatura brasileira.

Acesse

O humor de Millôr Fernandes

Dono de um repertório que poderia citar Santo Agostinho ou reinventar uma história da mitologia, Millôr Fernandes, carioca do Meiér, foi escritor, jornalista, tradutor e desenhista, sempre pronto a comentar, com fina ironia e originalidade, os assuntos contemporâneos.

Acesse

O vitral, conto de Osman Lins

Osman Lins foi contista, romancista e escreveu para dramaturgia. Este conto integra a seleção de Ítalo Morriconi como um dos cem melhores contos brasileiros do século. Curiosamente, o episódio do vitral aconteceu na casa de Wlademir Dias-Pino, no bairro Catete, no Rio de Janeiro.

Acesse

A prosa de Juliana Brito

Dois textos de Juliana Brito, formada em História pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) e professora da rede pública de ensino por 17 anos. A autora coordena o Clube do Livro Um Dedin de Prosa e Poesia e desenvolve ações de incentivo a leitura junto a um pequeno grupo na zona rural. Poeta, escreveu um livro de contos para participar de concursos literários, o que a animou a publicar seus escritos.

Acesse

Pandemia

No conto de Marcello de Oliveira Pinto, tendo o Rio de Janeiro por cenário, somos transportados para um futuro não muito de distante para acompanhar uma ficção nascida e ligada indissoluvelmente ao presente.

Acesse

QUANDO PACIENTES PERDEREM A PACIÊNCIA

O poeta Lucas Bronzatto volta a Revista Arara. Sua poesia engajada é reflexo de seu compromisso de vida com a educação e a saúde do país em que habita, onde exerce, como operário, o papel que lhe coube. Os versos de Bronzatto mostram uma apreensão para além dos fatos, donos de uma verdade que não cabe no papel.

Acesse

O poeta Fabiano Silmes

Poeta de São Gonçalo, cidade do complexo metropolitano carioca, Fabiano Silmes divide conosco seus versos. Em 2011, lançou seu primeiro trabalho literário: Comida para Bicho-Cabeça pela editora Multifoco. Escreve na internet e participou de diversos eventos culturais pelo Rio de Janeiro.

Acesse

Entrevista com o poeta chileno Leo Lobos

Tradutor, poeta, ensaísta e artista visual, Leo Lobos foi entrevistado pelo Julio Urrutiaga Almada para a Arara Revista. Dono de uma aguçada sensibilidade e autor de mais de uma dezena de livros, traduziu poetas brasileiros como Hilda Hist e Tanussi Cardoso e escreve para diversas revistas e sites.

Acesse

Quatro Poemas de Diego Wayne

Diego Wayne é capricorniano, paraense formado em letras língua inglesa pela UFPA e pós-graduação no ensino de artes. Tem poemas publicados no blog do Plástico Bolha, na Revista Bacana, Revista Ruído Manifesto, no blog literário Arribação e em antologia de jovens poetas paraenses. É professor na rede estadual do estado do Pará e ama o que faz Ama literatura e arte, música é o seu combustível,. Publicou em 2018 seu primeiro livro de poesia ,Coração de Unicórnio (Rico editora).

Acesse