O Peru de Natal, de Mário de Andrade

Mário de Andrade deixou uma vasta obra desde romances, poemas, críticas, contos, crônicas, ensaios. Publicou “Pauliceia Desvairada” o primeiro livro de poemas da primeira fase do Modernismo. Além de poeta, foi romancista, contista, crítico literário, professor e pesquisador de manifestações musicais e excelente folclorista.

Leia

CONTO DE NATAL, de Rubem Braga

Rubem Braga, (1913-1990) foi um escritor e jornalista brasileiro. Tornou-se famoso como cronista de jornais e revistas de grande circulação no país. Foi correspondente de guerra na Itália e Embaixador do Brasil em Marrocos. Como cronista mostrava seu estilo irônico, lírico e extremamente bem humorado.

Leia

Presépio, Conto de Carlos Drummond de Andrade

Carlos Drummond de Andrade foi um poeta, contista e cronista brasileiro, considerado por muitos o mais influente poeta brasileiro do século XX. Drummond foi um dos principais poetas da segunda geração do modernismo brasileiro, embora sua obra não se restrinja a formas e temáticas de movimentos específicos.

Leia

O espelho – um conto de João Guimarães Rosa

O conto O Espelho é o centro da obra Primeiras Estórias, de Guimarães Rosa. O autor utiliza uma narrativa em primeira pessoa em contato direto com o leitor como um diálogo constante, em que este é chamado a adentrar no mundo paralelo, na viagem extraordinária a qual é chamado pelo viajante. A intenção é simplesmente narrar a experiência que questiona a lógica e o sentido de existir.

Leia

O Diabo que assoviava, de João Ubaldo Ribeiro

João Ubaldo Ribeiro foi escritor baiano de Itaparica, vencedor do Premio Camões em 2008 e autor de conhecidos romances e contos. Consagrado como um marco do romance brasileiro pelo livro Sargento Getúlio, seus escritos são temperados com a cultura e os costumes do Nordeste brasileiro e, em particular, dos sergipanos.

Leia

O burguês e o crime – Conto de Carlos Heitor Cony

Carlos Heitor Cony nasceu no Rio de Janeiro em 1926. Eleito para a Academia Brasileira de Letras em 2000, recebeu, entre outros, os prêmios: Machado de Assis, da ABL, pelo conjunto da obra, em 1996; Jabuti de 1996, da Câmara Brasileira do Livro, pelo romance Quase Memória; Nacional Nestlé de Literatura de 1997, pelo romance O Piano e a Orquestra; Jabuti de 1997, pelo romance A Casa do Poeta Trágico; Jabuti 2000, concedido ao Romance sem Palavras.

Leia

Tangerine-Girl, Conto de Rachel de Queiroz

Rachel de Queiroz foi uma tradutora, romancista, escritora, jornalista, cronista e importante dramaturga brasileira. Autora de destaque na ficção social nordestina, foi a primeira mulher a ingressar na Academia Brasileira de Letras em 1977 e primeira mulher ganhadora do Prêmio Camões. Foi também a primeira mulher a integrar a Academia Brasileira de Letras e é considerada uma das maiores autoras da segunda geração modernista.

Leia
EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish