O burguês e o crime – Conto de Carlos Heitor Cony

Carlos Heitor Cony nasceu no Rio de Janeiro em 1926. Eleito para a Academia Brasileira de Letras em 2000, recebeu, entre outros, os prêmios: Machado de Assis, da ABL, pelo conjunto da obra, em 1996; Jabuti de 1996, da Câmara Brasileira do Livro, pelo romance Quase Memória; Nacional Nestlé de Literatura de 1997, pelo romance O Piano e a Orquestra; Jabuti de 1997, pelo romance A Casa do Poeta Trágico; Jabuti 2000, concedido ao Romance sem Palavras.

Leia

Tangerine-Girl, Conto de Rachel de Queiroz

Rachel de Queiroz foi uma tradutora, romancista, escritora, jornalista, cronista e importante dramaturga brasileira. Autora de destaque na ficção social nordestina, foi a primeira mulher a ingressar na Academia Brasileira de Letras em 1977 e primeira mulher ganhadora do Prêmio Camões. Foi também a primeira mulher a integrar a Academia Brasileira de Letras e é considerada uma das maiores autoras da segunda geração modernista.

Leia

Gilka Machado

Polêmica e precursora da poesia erótica, Gilka Machado é mais uma das importantes escritoras brasileiras. Encontra-se entre as primeiras defensoras dos direitos femininos no país. “Plebéia” e “matrona imoral” foram algumas alcunhas que teve de suportar em vida. Recebeu o Prêmio Machado de Assis, concedido pela Academia Brasileira de Letras, em 1979.

Leia

Famigerado, um conto de Guimarães Rosa

Damásio, conhecido assassino da região, quer que o médico do interior, o doutor, pessoa letrada do lugar, o esclareça a respeito do significado da palavra “famigerado”, pois lhe fôra atribuída esta palavra por parte de um moço do governo e o bandido queria estar certo de suas intenções.

Leia
EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish