‘Os Bravos Nunca Se Calam’: Comédia Investigativa Estreia Nos Cinemas

Em meio a esquemas de corrupções, conspirações e um assassinato, irmãos se reencontram para desvendar a morte do pai.

Dias antes do lançamento de seu novo livro sobre um grande esquema de corrupção, o veterano jornalista Joaquim é encontrado morto. O que a polícia aponta como morte acidental acaba por reaproximar seus filhos, os jovens Manoela e Caio, que começam uma investigação por conta própria. Seguindo rastros e pistas, os atrapalhados “detetives” se veem cercados por conspirações, ameaças e falsos relatos, descobrindo que nem tudo é o que parece!

“Os Bravos Nunca se Calam” é o nome do livro que aponta um escândalo de corrupção envolvendo a prefeitura da cidade, autoridades e empresários. Os filhos do autor vivem distantes e não tem uma boa relação. Manoela (Duda Meneghetti) segue os passos do pai e estuda jornalismo em Porto Alegre, enquanto Caio (Edu Mendas) ainda vive na casa dos pais no interior. Ele treina dia e noite para participar de um campeonato de games. A morte suspeita do pai (José Rubens Chachá) os reúne em uma investigação bem particular. Em parceria com o Cinescape, estão previstas sessões especiais do filme com um jogo interativo inédito e exclusivo.

“Manoela e Caio usam o livro como uma espécie de guia para os meandros desta intrincada trama e, cada novo personagem oferece, além de informações sobre o caso, uma nova peça para que consigam montar o quebra-cabeça de quem era realmente Joaquim”, resume o diretor Márcio Schoenardie. Contra tudo e todos, os irmãos embarcam em uma jornada atrás de respostas pelas ruas pacatas de uma cidade típica do interior. Gabriel Faccini, Tiago Rezende, e Tomás Fleck (o trio responsável pelas séries “Necrópolis” e “Alce & Alice” (ambas licenciadas pela Netflix), assinam o roteiro.

O realizador define a trama investigativa dos irmãos como uma aventura no estilo Sessão da Tarde. “Teve um dia em que um produtor disse que parecia um filme do Scooby-Doo. É ótimo que seja um filme Scooby-Doo”, avalia. “É uma história que tem muito a minha cara e a de quem estava envolvido, no estilo da comédia, da leveza que eu gosto”, acredita o cineasta. Ao mesmo tempo, além das correrias e reviravoltas, Schoenardie vê uma história sobre relações familiares, sobre o amadurecimento dos irmãos, que também contam com o apoio da mãe, Ana (Mirna Spritzer), sempre bem disposta.

SINOPSE

Dias antes de lançar seu novo livro sobre um grande esquema de corrupção, o autor é encontrado morto.

Durante a despedida, os filhos se reencontram e o que parecia ser uma morte acidental se transforma em um possível caso de assassinato. Seguindo rastros e pistas, os atrapalhados “detetives” se veem cercados por inimigos, ameaças e falsos relatos, descobrindo que nem tudo é o que parece.

Cinema LITERATURA  Os-Bravos-Nunca-se-Calam-credito-Lanca-Filmes-01-300x200 'Os Bravos Nunca se Calam': Comédia investigativa estreia nos cinemas

Nota do diretor: 

Os “Bravos Nunca se Calam” é uma comédia de erros que acompanha a jornada quixotesca de dois irmãos afastados em busca da verdade sobre a morte de Joaquim, seu pai. Apesar de a versão oficial apontar para um incêndio acidental, Manoela e Caio se convencem que Joaquim foi, na verdade, vítima de um assassinato com motivações políticas. Contra tudo e todos, os dois irmãos embarcam em uma jornada atrás de respostas pelas ruas pacatas de sua cidade natal, no interior do Rio Grande do Sul. Sua principal pista é o livro que o pai escreveu, a ser lançado depois de sua morte, que detalha a conspiração política que teria supostamente falido a cidade. Manoela e Caio usam o livro como uma espécie de guia para os meandros desta intrincada trama e, cada novo personagem oferece, além de informações sobre o caso, uma nova peça para que consigam montar o quebra-cabeça de quem era realmente Joaquim.   

 

EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish