fbpx

Poemas de Eduard Traste

Trazemos a poesia de Eduard Traste, um dos integrantes do site Estrabismo e co-autor do livro estrAbismo. O poeta, que alega ter descoberto não ter salvação, nos brinda com alguns de seus poemas e ilustrações. 

de repente 

tudo faz sentido 
nada mais importa 
 
o silêncio ecoa 
de repente 
o poema nasce 
de repente 
o poeta cisma 
antes da rima 
do poema 
antes 
da vida 
seu dilema 
de repente 
o poema morre 
renasce 
miraculoso enlace 
de repente 
o poeta declina 
o poema termina 
com ou sem rima 
 
de repente 

traste-desenho-207x300 Poemas de Eduard Traste Prosa e Poesia e Vice Versa

vivas criaturas 

no ônibus, 
você escuta a conversa 
e acha aceitável. 
dois seres autênticos 
um assunto 
plausível 
um ponto de vista 
interessante 
e então você se vira 
e confirma: os pés ainda 
não alcançam 
ao chão. 

fantascópio 

alongo mentalmente 
para um dia imaginário 
um morto feito 
preparado para o Sol 
que nunca chega 
que lá fora brilha feito vida 
imagina-se ainda 
instigando aqui dentro 
o ser apagado 
esquecido, tolido 
nas sombras 
da vida, das vidas 
pouco resta, 
pouco resto, 
transpondo paredes 
nuas, nu 
quero absorver 
quero ser absorvido 
quero sentir algo 
preciso 
estou cansado de ser 
quem tenho 
sido 

poeta amarelo 

nasceu estranho 
e virou piada 
mas era bom demais 
pra ser apenas piada 
no fim das contas 
virou poema 
e morreu estranho 

sem rima, 
sem nada 

traste-desenho-1-209x300 Poemas de Eduard Traste Prosa e Poesia e Vice Versa
traste-desenho-2-195x300 Poemas de Eduard Traste Prosa e Poesia e Vice Versa

martelando 

feito flores na janela 
entre o céu e o inferno 
minha mente tem frequentado 
os dois lados da mesma moeda 
sem saber jamais 
qual é 
qual? 
 
problema? nenhum! 
os altares são similares 
e tão vazios quanto os ídolos 
que permanecem mortos 
atrasando os pequenos seres 
vivos? 
 
no fim do dia 
o sol se põe para todos 
e as flores adormecem 
estejam elas onde 
estiverem. 

Livro_estrAbismo_Mr_Oculus Poemas de Eduard Traste Prosa e Poesia e Vice Versa
(clique no link para obter o livro)

O livro "estrAbismo" não é apenas uma compilação de escritos dos autores Eduard Traste e Ramon Carlos, é um conceito. Como o nome sugere, são visões distorcidas, olhares próprios, impróprios e às vezes gritos do Abismo. Através de poemas viscerais, caóticos, cômicos, pornográficos, estrábicos, ueréver, os autores, já publicados em revistas como: Literalivre, Subversa, Philos, InComunidade, Ruido Manifesto, Jornal Plástico Bolha e Jornal Via Lateral, discorrem sobre qualquer coisa, desde que o resultado sintonize na frequência pulsante de versos vivos. MR. OCULUS claro, é um personagem fictício, ou não, que paira com sua elegância sobre a deselegância, com sua justiça sobre a injustiça, com seu tato nas mesquinharias espalhafatosas que corroem a nobreza de um louco. Um dos destaques, sem dúvida alguma, fica por conta das imagens inéditas presentes na obra, fruto do período em que Eduard Traste ficou internado no hospital psiquiátrico Colônia Santana.

Foto-EduardTraste-e1594516117446 Poemas de Eduard Traste Prosa e Poesia e Vice Versa

Eduard Traste descobriu que não tinha salvação. Desde então vem destilando os necessários pingos de vida para seguir em frente, de seus escritos e outros tragos. Escreve no projeto www.estrAbismo.net, e tem materiais publicados em revistas como: Alagunas, Amaité Poesias & Cia, Escambau, Gazeta de Poesia Inédita, LiteraLivre, Literatura & Fechadura, Pantagruelista, Philos, Ruido Manifesto, Subversa, Via Lateral, Jornal Plástico Bolha e Jornal RelevO.