fbpx

biblioteca de babel

O conto de Borges inspirou projeto online

Se concluída, a biblioteca/site poderá conter todos os livros que já foram escritos

A Biblioteca de Babel inspirou um projeto online. De acordo com o criador do projeto, o programador, John Basile, a biblioteca “é um lugar para pesquisadores fazerem pesquisas, para artistas e escritores buscarem inspiração, para qualquer um com curiosidade ou senso de humor para refletir sobre a estranheza da existência – em suma, é como qualquer outra biblioteca”.
Se concluído, ele conterá todas as combinações possíveis de 1.312.000 caracteres, incluindo letras minúsculas, espaço, vírgula e ponto final. Assim, ele conteria todos os livros que já foram escritos e todos os livros que pudessem ser – incluindo todas as peças, todas as músicas, todos os artigos científicos, todas as decisões legais, todas as constituições, todas as escrituras e assim por diante.
Atualmente, contém todas as páginas possíveis de 3200 caracteres, cerca de 104677 livros.

​​​​O site mantém as regras do universo definido por Borges. Cada livro recebeu seu código específico de hexágono, parede, prateleira e volume. As cadeias de caracteres você verá no livro e nas páginas de navegação identificam esses locais. Por exemplo, jeb0110jlb-w2-s4-v16 significa que o livro que você está lendo é o 16º volume (v16) na quarta prateleira (s4) da segunda parede (w2) do hexágono jeb0110jlb. Considere-o o equivalente da biblioteca de Babel do sistema decimal de Dewey.
A biblioteca oferece três métodos para verificar livros: navegar, pesquisar e aleatório.
​Para os fãs, vale a pena conhecer!

O universo (que outros chamam a Biblioteca) compõe-se de um número indefinido,e talvez infinito, de galerias hexagonais, com vastos poços de ventilação no centro,cercados por balaustradas baixíssimas. De qualquer hexágono, vêem-se os andaresinferiores e superiores: interminavelmente. A distribuição das galerias é invariável. Vinteprateleiras, em cinco longas estantes de cada lado, cobrem todos os lados menos dois; suaaltura, que é a dos andares, excede apenas a de um bibliotecário normal."(Borges, A biblioteca de Babel)

A Biblioteca de Babel: livro de Jorge Luis Borges

“A Biblioteca de Babel” é uma das obras mais conhecidas e adoradas de Borges, da coleção de 1941 “O Jardim dos Caminhos Ramificados”. O conto é o relato de um indivíduo sobre o universo em que vive, uma enorme biblioteca, composta por um arquivo colossal de livros compostos por todas as combinações possíveis de letras – o que significa dizer que disponibiliza todos os livros alguma vez escritos e todos os outros livros que poderão eventualmente ser.  Os livros na biblioteca não apresentam uma ordem aparente, sendo eles dos mais diversos assuntos, nas mais diversas línguas e alguns até ininteligíveis. Os habitantes dessa biblioteca procuram, durante suas vidas, um significado para a existência da biblioteca, da ordem e do conteúdo dos livros. 
 
Series Navigation<< Como Borges se tornou um dos mais importantes escritores de todos os tempos