Feliz Aniversário, de Clarice Lispector

O conto de Clarice, mestra em discorrer sobre a alma humana, retrata a reunião de uma família num momento de importante celebração. “Feliz aniversário” é um texto forte, que remete ao estereótipo da família perfeita e feliz, desfolhando para o leitor um universo de aparências.

Acesse

5 poemas de Alessandro Padin

Alessandro José Padin Ferreira é poeta, professor universitário e jornalista. Após anos dedicados à atividade jornalística e acadêmica, retomou os estudos em linguagens poéticas, vem participando de antologias e prepara o seu primeiro livro com poemas

Acesse

O marido silencioso de Nelson Rodrigues

Um dos escritores e dramaturgos mais famosos do Brasil, Nelson revelou as relações mais indecorosas da burguesia brasileira em suas crônicas e contos. Em sua maioria trágicos, alguns de seus textos também continham traços anedóticos.

Acesse

Um conto de Tânia Jamardo Faillace

A jornalista e escritora gaúcha Tânia Faillace dedicou-se não só a produção de seus escritos mas a divulgação e crítica literária, além da pintura e do teatro. Seus contos são encontrados em numerosas antologias.

Acesse

Uma vela para Dario, de Dalton Trevisan

O Vampiro de Curitiba, recluso e avesso a badalações literárias Dalton Trevisan, é considerado um dos maiores contistas brasileiros. Sua prosa fala como dois olhos, uma linguagem que descortina, quadro a quadro, de forma concisa, um filme com ritmo e alma.

Acesse

A poesia de Pedro Tostes

Foi detido, averiguado e apreendido pelas autoridades por porte e comercialização de livros em prestigiosa Fresta Literária. Com a organização delituosa “Poesia Maloqueirista”, entre outros crimes, editou a infame revista “Não Funciona”, que realizou 20 golpes bem sucedidos com mais de 20 mil incidências literárias na primeira década do século.

Acesse

3 poemas de Janúario Esteves

Januário Esteves nasceu em Coruche (1960) e foi criado perto da Costa da Caparica, Portugal. Formou-se em instalações eletromecânicas, usa o pseudônimo de Januanto e escreve poesia desde os 16 anos. Em 1987, publicou poemas no Jornal de Letras e participou ao longo dos anos em algumas publicações coletivas.

Acesse