fbpx

Lançamento do livro Lâmpada Diurna

Neste livro de Lucas Daniel Tomáz de Aquino os contos formam um todo coeso, desde o tema à estética, oscilando entre um hiperrealismo literário e a artificialidade das histórias em quadrinhos, muitas vezes regado à violência e a impossibilidade de olhar para o outro. Começa com um ponto de partida bem definido que vai permeando todas as histórias, até culminar na última palavra, com a mesma cena vista por outro ponto de vista ou outra câmera, como num jogo de espelhos.   

No cinema, é bem comum que diretores façam muitas vezes um jogo de câmera chamado travelling, isto é, movimentos que não giram sobre o próprio eixo, mas que se deslocam na mesma cena.   

Neste livro de contos, Lucas Daniel Tomáz de Aquino flerta com o cinema ao desarticular o tempo e o espaço, bem como seus personagens e situações em suas “narrativas circulares” como na história curta de uma drogada a um hospital psiquiátrico, uma viagem de férias entre pai e filho que termina em um pesadelo terrível, a namorada sem nome que tem problemas de “projeção” freudiana em seus relacionamentos, dois primos que combinam o comodato de uma mulher para reaver as cifras de uma lavagem de dinheiro. 

capa_Lâmpada-Diurna-110320_page-0001-1024x505 Lançamento do livro Lâmpada Diurna Livros
lucas-tomaz-de-aquivo Lançamento do livro Lâmpada Diurna Livros

Lucas Daniel Tomáz de Aquino nasceu em Brasília em 1986 e é escritor e tradutor, tendo vertido ao português textos de Leopoldo Alas Clarín e Juan Manuel Ortí y Lara. Publicou textos, entre prosa e não ficção, em veículos como Gazeta do Povo, UOL, Cosac Naify, Revista HouseMag, São paulo Review, dentre outros. Em 2019, lançou "Meia-noite em Nápoles" (conto). Lâmpada diurna é seu primeiro volume de contos.

Editora Penalux

A Penalux surgiu em 2012 com a proposta de trazer uma maneira diferente de publicar, dando oportunidade a autores estreantes e incorporando em seu catálogo escritores já consagrados. À frente da editora estão o poeta Tonho França e o escritor Wilson Gorj. Ambos atuam como editores desde 2009.

Clique na imagem para saber mais