Vidas Rasteiras, novo lançamento de Alberto Pucheu

Poeta, ensaísta e professor, Alberto Pucheu lança Vidas Rasteiras numa parceria entre a Editora CULT e a Livraria Mandarina. Autor de Para que Poetas em Tempos de Terrorismos seu novo livro transita entre a poesia e a filosofia, um testemunho poético-filosófico do nosso tempo e do que é, afinal, o contemporâneo.

Acesse

É tudo tinta que sai da gente

No Dia Nacional da Poesia, autores celebram lançamento de “É tudo tinta que sai da gente”, livro escrito a quatro mãos por Bruno Sanctus e Paulo Emílio Azevedo.

Acesse

Lançamento do Poeta FELIZPE

Autor de versos proféticos em 2014 sobre o que seria o Brasil de 2019, poeta periférico e autêntico, FELIZPE circulou pelos movimentos de resistência literária do Rio de Janeiro. Lançou novo livro esse ano, pôs seus livros em preços promocionais e divide conosco alguns de seus versos.

Acesse

50: Uma Antologia de Julio Almada

Para comemorar seus cinqüenta anos de vida o poeta Julio Urrutiaga Almada lançou uma antologia com poemas selecionados em suas diferentes fases de criação poética. Julio é também tradutor e professor de Português no Centro Cultural Brasileiro no Equador.

Acesse

Contrarresiliente, um manifesto anti-barbárie

Vencedor do Prêmio Lima Barreto (2018), contista, músico e poeta, o premiado escritor Zeh Gustavo apresenta seu ivro de poesias. Contrarresiliente (Editora Viés) é um livro atual, um convite ao confronto, de onde extraímos espanto, lirismo e inconformidade. Um manifesto anti-conivência contra a apatia e estupidez que servem tão bem a necrocracia.

Acesse

Um deus foragido olha do cimo da destruição

Um poema de Wanda Monteiro constante na coletânea Antifascistas: Contos, crônicas e poemas de resistência, recente lançamento da Editora mondrongo, como uma resposta literária ao ódio que tomou de assalto o cotidiano do país,

Acesse

Lançamento do livro “Sarah” de Diego Garcez

Publicação independente lançada na plataforma digital da Amazon Kindle, o livro é propositalmente curto para rivalizar com o tempo que se gasta nas redes sociais. O objetivo é compartilhar as emoções e nuances depositadas no texto com a maior quantidade de pessoas possível.

Acesse

Lançamento do livro Lâmpada Diurna

Neste livro de Lucas Daniel Tomáz de Aquino os contos formam um todo coeso, desde o tema à estética, oscilando entre um hiperrealismo literário e a artificialidade das histórias em quadrinhos, muitas vezes regado à violência e a impossibilidade de olhar para o outro.

Acesse

A poesia de Angelita Guesser

Nesta obra de estreia, Angelita Guesser traça uma dialética poética particular, expondo seu universo interior – quase que autobiográfico – como um campo fértil de ideias. A poeta semeia sua crítica lírica amorosa que é, em si mesma, uma linguagem corporal de sublimação, momentos de solidão, paranoia, ansiedade e melancolia, até diluir-se num transe induzido pelo que tateia e beira o impossível.

Acesse

“diariologismos”, novo livro de Paulo Emílio Azevedo

Narrado na forma de diário, o novo livro de Paulo Emílio costura suas narrativas e referências para acessar um fluxo próprio, semiconfessional. Prefaciado por Paula Beatriz Albuquerque, o livro será disponibilizado para download gratuitamente a partir de 11 de junho de 2020.

Acesse

Macunaíma, de Mário de Andrade

Macunaíma nasce e já manifesta sua principal característica: a preguiça. O herói vive às margens do mítico rio Uraricoera com sua mãe e seus irmãos, Maanape e Jiguê, numa tribo amazônica. Após a morte da mãe, os três irmãos partem em busca de aventuras.

Acesse