fbpx

Famigerado, um conto de Guimarães Rosa

Damásio, conhecido assassino da região, quer que o médico do interior, o doutor, pessoa letrada do lugar, o esclareça a respeito do significado da palavra “famigerado”, pois lhe fôra atribuída esta palavra por parte de um moço do governo e o bandido queria estar certo de suas intenções.

Acesse

Amor, um conto de Clarice Lispector

Desde sua estréia, com Perto do Coração Selvagem, Clarice Lispector impressionou a crítica por dominar uma prosa próxima ao fluxo de consciência encontrado em romancistas como James Joyce ou Dostoiévski. O domínio do enredo e do tempo em suas narrativas produziram contos como este, verdadeira obras-primas da literatura brasileira.

Acesse

Baleia, de Graciliano Ramos

Alagoano, Graciliano Ramos foi escritor, jornalista e professor. Autor de Vidas Secas, Angústia e Infância, retratou como poucos a complexidade da alma humana. Trazemos o famoso conto sobre a personagem Baleia deste que é celebrado como um dos maiores prosadores da literatura brasileira.

Acesse

O humor de Millôr Fernandes

Dono de um repertório que poderia citar Santo Agostinho ou reinventar uma história da mitologia, Millôr Fernandes, carioca do Meiér, foi escritor, jornalista, tradutor e desenhista, sempre pronto a comentar, com fina ironia e originalidade, os assuntos contemporâneos.

Acesse

O vitral, conto de Osman Lins

Osman Lins foi contista, romancista e escreveu para dramaturgia. Este conto integra a seleção de Ítalo Morriconi como um dos cem melhores contos brasileiros do século. Curiosamente, o episódio do vitral aconteceu na casa de Wlademir Dias-Pino, no bairro Catete, no Rio de Janeiro.

Acesse