A nervura à mostra do poeta Carlos Orfeu

Natural de Queimados, no Rio de Janeiro, Carlos Orfeu foi arrebatado pelos versos de Fernando Pessoa e pela efervescência dos encontros poéticos e saraus. Como escritor lançou os livros “(In)visíveis Cotidianos (LiteraCidade, 2017) e “Nervura” (Patuá, 2019). Dono de uma escrita repleta de imagens e sensibilidade, possui diversos poemas publicados em blogs e revistas literárias.

Acesse
CatalanEnglishFrenchGermanPortugueseSpanish